EUR/USD Análise Técnica

Renan Raminelli

Após cerca de quatro semanas testando a região de 1.0350 o EURUSD não conseguiu estender a baixa e iniciou um movimento de correção para cima, e vem subindo desde o início do ano de 2017 quando o valor atingiu o nível mais baixo desde 2003 em 1.0340 após cerca de dois meses de queda do par no período que se seguiu a eleição norte-americana com a escolha de Donald Trump para presidente dos EUA.

Nesse movimento de alta que estamos visualizando, temos uma correção de cerca de 450 pips para cima, com vendedores tentando identificar um topo mais baixo da tendência de fortalecimento do dólar americano, já que a economia norte-americana tem crescido de forma satisfatória e de acordo com as perspectivas gerais do Federal Reserve, porém com um nível inflacionário abaixo do perseguido pelo banco central americano, que tem como meta uma inflação de 2%.

Dentro deste cenário o mercado busca interpretar os indicadores macroeconômicos norte-americanos e europeus, visando identificar o ponto o qual o mercado retornara à tendência de fortalecimento do dólar. Sendo assim, o mercado tem grande atenção aos principais indicadores que podem sugerir o aumento de emprego e da renda, com um possível aumento do ritmo inflacionário da economia dos EUA.

Nesta primeira semana do mês de fevereiro há notícias econômicas de grande relevância para a economia dos Estados Unidos, que são principalmente o anúncio sobre a política monetária, com divulgação da taxa de juros e dados sobre o mercado de trabalho. Tivemos no dia 01/02/2017 dados do “ADP Non-Farm Employment Change” o qual veio 50% maior do que o esperado pelo mercado, sugerindo um ritmo maior de geração de vagas de trabalho, que poderá ser confirmado pelo o tão esperado “Non-Farm Employment Change” e “Average Hourly Earnings” a serem liberado dia 03/02/2017 às 13:30h GMT 0.

No caso de dados de emprego que superem as expectativas com numero de geração de vagas superior a previsão de mercado e com aumento do ganho médio dos trabalhadores acima do esperado, temos um potencial cenário de retorno da tendência de fortalecimento do dólar com a possibilidade do par caminhar novamente para níveis inferiores e voltar a testar regiões que devem oferecer forte suporte ao movimento do preço respectivamente nos níveis 1.06 / 1.05.

No caso de termos uma frustração de expectativas com dados sobre o emprego e renda que se demonstrem decepcionantes, poderemos ter um enfraquecimento do dólar e o par EURUSD poderá subir e caminhar para testar os níveis de 61.8% (1.0835) e 76.4% (1.0950) de Fibonacci, este segundo que coincide com uma linha de resistência que poderá limitar o movimento de preço para cima e tem o potencial de atrair vendedores.

Analisando tecnicamente o EURUSD em velas semanais, a EMA10 (vermelha) está abaixo da EMA20 (azul) indicando tendência de baixa, o MACD está menor que zero, indicando também tendência de baixa, o histograma está crescendo indicando um momento de alta com essa correção que tivemos no movimento do preço nas últimas semanas. O estocástico está em 89, indicando o momento de alta, porém sugerindo que o preço poderá cair e o oscilador sair da região do sobrecomprado.

De forma geral, a tendência é de baixa e no momento estamos passando por uma correção para cima, e os ursos poderão retomar o controle no EURUSD caso os dados sobre a economia americana surpreendam positivamente o mercado.

Veja o gráfico semanal do EURUSD:

EUR/USD gráfico

Este artículo está escrito por Renan Raminelli, analista senior de Alpari Research & Analysis

Não perca nada!

Discover what's moving the markets. Sign up for a daily update delivered to your inbox

Artigos Mais Recentes

Ver Todos

Top Promoções

Top Correctores