Fed elevadores taxas, Dólar EUA fraco

Renan Raminelli

Na última quarta-feira dia 15 de março tivemos o anúncio da taxa de juros pelo banco central dos EUA com o FOMC (comitê de política monetária) anunciando o aumento de 25 pontos base (0.25%). Muitos investidores imaginavam que com o anúncio de aumento de juros o dólar americano se fortaleceria ainda mais, porém o efeito prático do anúncio foi uma reversão de movimento, fazendo com que a moeda dos EUA tivesse uma significativa desvalorização.

Janet Yellen, presidente do FED, durante a coletiva de imprensa ajudou a jogar mais água na fogueira dos “USD Bulls” com uma fala que demonstrou que o FED não está com pressa nem tem em vista um novo aumento de juros, e que seus membros deverão efetivamente aguardar a evolução da economia durante os próximos meses, e tomarão decisão somente no caso dos dados econômicos os chamem para essa necessidade.

Yellen sempre faz questão de deixar claro que a política monetária não é uma política “preset course”, ou seja, algo já pré-determinado, é sim uma política “data dependent”, política dependente de dados, sendo assim, apenas com dados que demonstrem uma aceleração do aquecimento econômico  poderão fazer com que o FED aumente novamente o juro básico da economia daquele país.

Ficou claro também e Yellen fez questão de falar isso com todas as letras que eles acharam por bem aumentar o juros agora para evitar um superaquecimento da economia, pois talvez se não aumentassem agora a taxa de juros, isso poderia fazer com que a inflação superasse a meta do FED o que exigiria medidas mais fortes para que a inflação convergisse para a meta de 2%.

Após tudo isso ocorreu no EURUSD uma forte alta, e o par voltou a ser negociado acima de 1.07, valor que atuou como suporte no dia seguinte, e que na quinta-feira atuou como um “trampolim” para o preço, pois quando o EURUSD acelerou para baixo, tocou a região 1.07, muitos compradores entraram no mercado e fizeram com que o preço subisse cerca de 70 pips nas duas horas após essa aproximação ao referido suporte.

Neste momento o EURUSD está próximo a 1.0750, e os preços acima de 1.0770 parecem despertar o interesse dos vendedores, sendo assim, neste momento parece que o par não deverá encontrar força suficiente para uma subida mais forte, e será difícil a tentativa de teste do 1.0830. Porém podemos ver que o preço tem de certa forma permanecido no que podemos considerar um canal de alta. Logo, poderá representar uma boa oportunidade de compra a aproximação a parte inferior do canal no decorrer da próxima semana.

Analisando tecnicamente o EURUSD, podemos ver que a EMA10 (vermelha) está acima da EMA20 (azul) indicando que estamos em tendência de alta. O MACD está maior que a linha de equilíbrio, também sugerindo o momento de alta, o estocástico está vindo de um cruzamento do sobrecomprado e aponta para baixo, mostrando que estamos tendo uma correção para baixo na tendência de alta. De formar geral, o viés é de alta, porém é possível que antes do preço encontrar suporte suficiente para desafiar níveis mais altos, talvez ele ainda recue mais.

Veja o gráfico em H4 do EURUSD:

Este artículo es presentado por el  Alpari Research & Analysis

Não perca nada!

Discover what's moving the markets. Sign up for a daily update delivered to your inbox

Artigos Mais Recentes

Ver Todos

Top Promoções

Top Correctores