FXEMPIRE
Tudo
Ad
Anúncio
Anúncio
Reuters
Adicionar aos favoritos
Logo do BCE em Frankfurt, Alemanha
Logo do BCE em Frankfurt, Alemanha

Por Balazs Koranyi

FRANKFURT (Reuters) – O Banco Central Europeu estabeleceu uma nova meta de inflação nesta quinta-feira e adotou um papel na luta contra as mudanças climáticas dando início à maior reforma na instituição financeira mais poderosa da Europa em seus 23 anos de história.

Anúncio
Sabe para onde se dirige o instrumento o mercado? Tome vantagem com 

CFDs are complex instruments and come with a high risk of losing money rapidly due to leverage. The vast majority of retail investor accounts lose money when trading CFDs. You should consider whether you understand how CFDs work and whether you can afford to take the high risk of losing your money.

Com a inflação abaixo da meta por quase uma década, a presidente do BCE, Christine Lagarde, mergulhou a fundo por 18 meses no funcionamento interno do banco, desafiando até os princípios fundamentais do banco central, na esperança de redefinir a estratégia e reforçar a credibilidade.

Na conclusão da revisão de estratégia, o banco central dos 19 países que compartilham o euro definiu sua meta de inflação em 2% no médio prazo, abandonando uma formulação anterior que almejava inflação “abaixo, mas perto de 2%”, que dava a impressão de que o banco estava mais preocupado com o aumento dos preços acima de sua meta do que abaixo dela.

“Sabemos que não ficará constantemente na meta, pode haver algum desvio moderado e temporário em ambas as direções desses 2%. E tudo bem”, disse Lagarde em coletiva de imprensa para apresentar a revisão de estratégia.

“Estamos aplicando como meta uma inflação média como o Fed (dos Estados Unidos)? A resposta é: Não, muito francamente”, disse Lagarde sobre a política de deixar o aumento dos preços ultrapassar sua meta para manter uma taxa média.

Economistas do ING disseram que a mudança significa que o BCE está “estruturalmente mais dovish”, mas observaram que essa é uma evolução gradual de uma meta que começou “abaixo de 2%” antes de sua formulação mais recente.

“Esse desenvolvimento de longo prazo marca claramente uma tendência gradual em direção a um comportamento mais dovish (ainda que sutil)”, concluíram eles.

Lançada no início da década de 1990 por bancos centrais menores na Nova Zelândia e no Canadá, a meta de inflação é amplamente creditada por controlar o crescimento dos preços e inaugurar um período de preços estáveis.

Mas os resultados do experimento foram mistos, notadamente na última década, quando bancos centrais como o BCE e o Banco do Japão lutaram contra uma inflação excessivamente baixa que os forçou a cortar as taxas de juros e lançou dúvidas sobre o poder dos bancos centrais.

Esse resultado abaixo da meta de forma persistente havia levantado a possibilidade de buscar uma taxa de inflação acima da meta, mas o BCE concluiu que a inflação acima e abaixo de seu objetivo é indesejável e não buscará ultrapassá-la após um longo período de inflação baixa.

“Esta meta é simétrica, o que significa que desvios negativos e positivos da inflação em relação ao objetivo são igualmente indesejáveis”, afirmou o BCE.

EXCEDER

O banco admitiu que, em certas situações, quando um suporte monetário especialmente forte ou persistente é necessário, a inflação pode exceder moderadamente sua meta por um período transitório.

Mas a nova política não se comprometeu em superar a inflação depois de longos períodos de inflação baixa, uma possível decepção para os investidores que esperavam tal promessa, o que garantiria estímulos mesmo em meio à recuperação.

O BCE também disse que não está satisfeito com a medida atual da inflação, uma vez que omite grandes parcelas dos custos de habitação, de modo que as autoridades também examinarão outros indicadores da alta dos preços.

“Em suas avaliações de política monetária, o Conselho vai levar em conta medidas de inflação que incluem estimativas iniciais do custo de moradias ocupadas pelo proprietário para suplementar suas medidas de inflação mais amplas”, disse.

Em talvez sua maior mudança, o BCE disse que fará mais para ajudar na luta contra as mudanças climáticas e vai incluir considerações sobre isso nas operações de política monetária nas áreas de comunicação, avaliação de risco e decisões sobre garantias e compras de ativos do setor corporativo.

“O BCE ajustará a estrutura que orienta a alocação de compras de títulos corporativos para incorporar critérios de mudança climática, em linha com seu mandato”, disse.

O banco também começará a divulgar informações relacionadas ao clima de seu programa de compra de ativos do setor corporativo no primeiro trimestre de 2023, acrescentou.

Anúncio
Não perca nada!
Descubra o que está a mover os mercados. Registe-se para obter uma atualização diária remetida para a sua caixa de entrada

Negoceie com uma corretora regulada

ISENÇÕES DE RESPONSABILIDADE IMPORTANTES
O conteúdo fornecido no site inclui notícias e publicações gerais, nossas análises e opiniões pessoais e conteúdos fornecidos por terceiros, que se destinam apenas a fins educacionais e de pesquisa. Não constitui, e não deve ser lido como, qualquer recomendação ou conselho para tomar qualquer ação, incluindo fazer qualquer investimento ou comprar qualquer produto. Ao tomar qualquer decisão financeira, você deve realizar suas próprias verificações de due diligence, aplicar seu próprio critério e consultar seus consultores competentes. O conteúdo do site não é dirigido pessoalmente a você e não levamos em consideração sua situação ou necessidades financeiras. As informações contidas neste site não são necessariamente fornecidas em tempo real nem são necessariamente precisas. Os preços aqui fornecidos podem ser fornecidos por criadores de mercado e não por bolsas. Qualquer negociação ou outra decisão financeira que você fizer será de sua total responsabilidade, e você não deve confiar em nenhuma informação fornecida por meio do site. FX Empire não fornece qualquer garantia em relação a qualquer informação contida no site, e não será responsável por quaisquer perdas comerciais que você possa incorrer como resultado do uso de qualquer informação contida no site. O site pode incluir anúncios e outros conteúdos promocionais , e FX Empire pode receber compensação de terceiros em conexão com o conteúdo. FX Empire não endossa terceiros ou recomenda o uso de serviços de terceiros, e não assume responsabilidade pelo uso de qualquer site ou serviços de terceiros. FX Empire e seus funcionários, executivos, subsidiárias e associados não são responsáveis nem devem eles serão responsabilizados por qualquer perda ou dano resultante do uso do site ou da confiança nas informações fornecidas neste site.
ISENÇÃO DE RISCO
Este site inclui informações sobre criptomoedas, contratos por diferença (CFDs) e outros instrumentos financeiros, e sobre corretores, bolsas e outras entidades que negociam esses instrumentos. Tanto as criptomoedas quanto os CFDs são instrumentos complexos e apresentam um alto risco de perda de dinheiro. Você deve considerar cuidadosamente se você entende como esses instrumentos funcionam e se você pode assumir o alto risco de perder seu dinheiro. A FX Empire o incentiva a realizar sua própria pesquisa antes de tomar qualquer decisão de investimento e evitar investir em qualquer instrumento financeiro que você não entende totalmente como funciona e quais são os riscos envolvidos.