FXEMPIRE
Tudo
Ad
Anúncio
Anúncio
Reuters
Adicionar aos favoritos
Pessoa em frente à sede da Eletrobras no Rio de

BRASÍLIA (Reuters) – O relator da MP da Eletrobras na Câmara, Elmar Nascimento (DEM-BA), afirmou nesta segunda-feira que manteve em seu parecer 95% do texto já aprovado pelo Senado e acrescentou que o relatório conta com o apoio da maioria dos líderes de bancada da Casa.

Nascimento, contudo, não alterou pontos que ameaçam elevar os custos da energia aos consumidores, os chamados “jabutis”, que não têm relação direta com a privatização da Eletrobras, mas que constam do texto original que passou na Câmara e foi reformulado no Senado.

Anúncio
Sabe para onde se dirige o instrumento o mercado? Tome vantagem com 

CFDs are complex instruments and come with a high risk of losing money rapidly due to leverage. The vast majority of retail investor accounts lose money when trading CFDs. You should consider whether you understand how CFDs work and whether you can afford to take the high risk of losing your money.

Os custos aos consumidores, considerando as propostas da Câmara e Senado, deverão atingir 56 bilhões de reais, com quase metade desse valor associado à construção de térmicas a gás natural, muitas delas em locais sem produção do insumo, segundo avaliação da Associação dos Grandes Consumidores Industriais de Energia e de Consumidores Livres (Abrace).

A Abrace estimou ainda outros 10 bilhões de reais adicionais por conta de políticas regionais incluídas na MP, além de 18 bilhões de reais em impostos, totalizando 84 bilhões em custos aos consumidores.

Nascimento, assim como o relator da MP da Eletrobras no Senado, o senador Marcos Rogério (DEM-RO), negam que os “jabutis” vão elevar os custos dos consumidores.

De acordo com Nascimento, será retirada do texto que veio do Senado, por exemplo, a emenda que previa indenização a concessionária do Piauí a pedido do governo.

“Como já era esperado, o Senado da República ofereceu valiosas contribuições ao texto”, comentou Elmar. “Por conta disso, nós pegamos, como uma espinha dorsal, tudo o que foi feito lá no Senado.

“Está 95% mantido tudo o que foi feito lá no Senado.”

O relator explicou que as alterações configuram “pouquíssimas exceções”, definidas a partir de conversas com líderes de bancada.

“Eu sempre disse que meu relatório seria fruto do que fosse decidido majoritariamente pelos líderes, sob pena de que não tivesse voto”, argumentou.

Elmar recomendou, em seu parecer, a rejeição integral de algumas emendas acrescidas ao texto quando ele foi votado no Senado, na última semana. Seu voto também rejeita parcialmente outras duas emendas.

Sobre questão do Piauí, relacionada à Cepisa, Elmar considerou, no relatório, que sua aprovação seria “inoportuna”, uma vez que o tema está em debate no âmbito judicial. Ponderou que, se mantida no texto, ofereceria “riscos” ao processo de capitalização da Eletrobras.

O deputado também explicou que foi retirado do texto dispositivo que tratava de mercado livre, uma vez que o tema será abordado em projeto do Marco Regulatório do Setor Elétrico já em discussão na Casa. Segundo ele, comissão sobre o assunto deve ser instalada “nos próximos dias”.

A inclusão da abertura do mercado livre, “sem a modernização do setor elétrico”, havia sido criticada pela Abrace.

Elmar calcula que a votação da MP seja concluída ainda nesta segunda-feira. A MP precisa ter sua tramitação finalizada nas duas Casas até a terça-feira ou perde a validade.

Ao defender em plenário a aprovação da proposta, o líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), também afirmou que ela não resultará em aumento do preço de energia ao consumidor.

Anunciou, ainda, que deve haver a votação separada para reincluir duas emendas que haviam sido retiradas do texto pelo relator.

Uma delas delega ao Exército brasileiro a execução de projetos de revitalização de recursos hídricos de forma conjunta ou concorrente com a Eletrobras ou a Chesf; e a outra estabelece que contratos resultantes da prorrogação do Proinfa teriam preço igual ao preço médio.

“Esta medida não aumenta o preço da energia elétrica, isso é uma falácia. Pelo contrário, termos mais investimentos, mais geração de emprego, mais competência do sistema”, argumentou o líder do governo.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello; com reportagem adicional de Marta Nogueira)

Anúncio
Não perca nada!
Descubra o que está a mover os mercados. Registe-se para obter uma atualização diária remetida para a sua caixa de entrada

Negoceie com uma corretora regulada

ISENÇÕES DE RESPONSABILIDADE IMPORTANTES
O conteúdo fornecido no site inclui notícias e publicações gerais, nossas análises e opiniões pessoais e conteúdos fornecidos por terceiros, que se destinam apenas a fins educacionais e de pesquisa. Não constitui, e não deve ser lido como, qualquer recomendação ou conselho para tomar qualquer ação, incluindo fazer qualquer investimento ou comprar qualquer produto. Ao tomar qualquer decisão financeira, você deve realizar suas próprias verificações de due diligence, aplicar seu próprio critério e consultar seus consultores competentes. O conteúdo do site não é dirigido pessoalmente a você e não levamos em consideração sua situação ou necessidades financeiras. As informações contidas neste site não são necessariamente fornecidas em tempo real nem são necessariamente precisas. Os preços aqui fornecidos podem ser fornecidos por criadores de mercado e não por bolsas. Qualquer negociação ou outra decisão financeira que você fizer será de sua total responsabilidade, e você não deve confiar em nenhuma informação fornecida por meio do site. FX Empire não fornece qualquer garantia em relação a qualquer informação contida no site, e não será responsável por quaisquer perdas comerciais que você possa incorrer como resultado do uso de qualquer informação contida no site. O site pode incluir anúncios e outros conteúdos promocionais , e FX Empire pode receber compensação de terceiros em conexão com o conteúdo. FX Empire não endossa terceiros ou recomenda o uso de serviços de terceiros, e não assume responsabilidade pelo uso de qualquer site ou serviços de terceiros. FX Empire e seus funcionários, executivos, subsidiárias e associados não são responsáveis nem devem eles serão responsabilizados por qualquer perda ou dano resultante do uso do site ou da confiança nas informações fornecidas neste site.
ISENÇÃO DE RISCO
Este site inclui informações sobre criptomoedas, contratos por diferença (CFDs) e outros instrumentos financeiros, e sobre corretores, bolsas e outras entidades que negociam esses instrumentos. Tanto as criptomoedas quanto os CFDs são instrumentos complexos e apresentam um alto risco de perda de dinheiro. Você deve considerar cuidadosamente se você entende como esses instrumentos funcionam e se você pode assumir o alto risco de perder seu dinheiro. A FX Empire o incentiva a realizar sua própria pesquisa antes de tomar qualquer decisão de investimento e evitar investir em qualquer instrumento financeiro que você não entende totalmente como funciona e quais são os riscos envolvidos.